Trabalhar a tal da RESILIÊNCIA

 

Trabalhar a tal da RESILIÊNCIA.

É difícil né?

Para quem não sabe o significado:

Propriedade de um corpo de recuperar a sua forma original após sofrer choque ou deformação.

Capacidade de superar, de recuperar de adversidades.

Vou traduzir de um modo mais informal:

É QUANDO VÁRIAS TRETAS ACONTECEM AO TEU REDOR, O MUNDO DESMORONANDO E VOCÊ, TÁ COMO?

unnamed (1).gif

Apesar de eu particularmente ter adotado esse estilo de vida, ao longo desses anos, preciso confessar e ressaltar, a árdua dificuldade que é ser forte diante das adversidades, principalmente com a recuperação e superação diante dos problemas ou momentos turbulentos.

Mas não confunda com “engolir sapos” ou “ser um saco de pancadas”. Ser resiliente é passar por momentos e provações difíceis, mas ser capaz de lidar com a situação e conseguir ficar bem. É ser um bom “soldado” ao entender que você perdeu apenas uma batalha, mas precisa se recuperar e estar bem para A GRANDE GUERRA! (Nossa, eu dei uma bela de uma exagerada agora, e fui bem piegas, mas segue o baile, rs)

tumblr_static_filename_640_v2

O desabafo aqui que eu gostaria de compartilhar, é a dificuldade em SER FORTE O TEMPO TODO. A armadura que precisamos carregar diante de tudo e todos. Principalmente, quando você não consegue relevar certas toxicidades na sua vida. Entende? É você ouvir uma ofensa, ou uma crítica (que não seja construtiva, apenas no intuito pejorativo mesmo) e tenha que passar por cima disso.

Somos como esponjas. Absorvemos (querendo ou não) toda a energia ao nosso redor. Então, a real dificuldade é, quando após absorver algo tóxico, você transformar isso dentro de você, em algo positivo. É quando alguém te decepciona, ou faz uma maldade com você, e é necessário que você enfrente isso, custe o que custar! Estar pronto e FIRME, para os próximos obstáculos.

Apenas não se cobre tanto. Porque as vezes, esse processo demora sabe? É como aquela frase da música da Jessie J: “Tudo bem não estar bem”, apenas “NÃO ESQUEÇA DE QUEM VOCÊ É”.

ESCUTA COM MUITO CARINHO: 

Não adianta nada sabermos o significado da palavra RESILIÊNCIA, mas não sabermos como usar e aplicar efetivamente essa ferramenta valiosa no nosso dia a dia. A mágica acontece, quando você não esquece dos seus propósitos, de quem você é, do seu valor e do quanto você lutou para chegar onde está. Mas, principalmente, o quão longe você ainda pode chegar. Ser resiliente, é entender que você consegue contornar as diversas situações que ocorrem na sua vida, por TUDO o que você é como ser humano e TUDO o que você ainda pode ser capaz de conseguir.

É óbvio que, ser otimista o tempo todo nem sempre é possível (chega a soar meio babaca também, coisas ruins e tragédias acontecendo e você sorrindo tentando enxergar algum lado positivo nisso) até porque ninguém deve bloquear o sofrimento que deve ser sentido e vivido. Entenda que, o segredo em obter algum êxito ao passar pelas dificuldades e problemas que irão surgir é, sentir o problema e encontrar uma saída menos onerosa possível, ou seja, trabalhar a inteligência emocional para encarar as responsabilidades que felizmente ou infelizmente teremos que enfrentar.

Você, e só VOCÊ, escolhe como lidar com todas as dificuldades que irão surgir em seu caminho. Pode escolher ser um fracasso ou um tipo de herói, que contorna a história e dá a volta por cima de tudo. Apesar dos pesares (e olha, as vezes os pesares tem o peso do tamanho do estádio do maracanã) tente encarar seus problemas e acredite que todos os dias existem pessoas por aí a fora que estão dando o seu melhor para conseguir sair de inúmeras situações difíceis. A vida é basicamente isso: Resolve um problema aqui surge outro, resolve isso, surge outro. E que bom né? Pois com eles vem a experiência e a maturidade, e depois que você os adquire, vai saber lidar melhor ainda com tudo o que for surgindo no seu caminho.

Só não perca a fé. E nem falo de religião aqui, falo de uma força espiritual que nos leva adiante com nossos sonhos e desejos. Essa tal força que nos dá esperança sabe? A esperança move o ser humano. Nos faz seguir em frente sempre. Nos faz não desistir, por mais ruim que a situação esteja, a fé nos move. Nos faz alcançar o inalcançável. Por mais piegas que isso pareça, lembre-se de todas as coisas que você conquistou quando não desistiu. Quando se imaginou obtendo aquilo que mais queria. É essa força que traz a resiliência e a sabedoria necessária para enfrentar seja lá o que for e como for.

E então, pronto para mais uma semana?

E assim, a garota continua na busca, do seu feliz pra sempre! 

fotinho-autora-do-blog

 

 

Anúncios

A VIDA É UM SOPRO

A vida é um sopro.

sopro dente de leao

A vida é um sopro, mas a gente sempre dá um jeitinho de postergar nossos sonhos.

-Eu não sei se pode dar certo.

-Prefiro uma estabilidade.

-Não vou arriscar agora, melhor esperar mais um pouco.

-Ah, depois eu resolvo isso.

Mesmo sabendo que a vida é um sopro, a gente acha que consegue prolongar nosso relógio biológico. E continuamos nos alimentando mal, deixando aquela dieta pra semana que vem. Deixando a academia pra depois, a caminhada pra depois porque tem muito trabalho.

Continuamos deixando a conversa com Deus pra outro dia. Aquela terapia pra outro dia. Aqueles exames pra marcar pra outro dia. Aquela consulta pra outro dia.

A vida é um sopro, mas a gente continua comprando e acumulando coisas inúteis, que nem sequer precisamos, mas existem pessoas dizendo, testando e mostrando que é necessário TER. Mas ninguém nos mostra o real valor em SER.

A vida é um sopro, mas continuamos guardando mágoas, provocando gastrite emocional, gastando dinheiro com remédio e depois se matando de trabalhar pra pagar cada antidepressivo.

A vida é um sopro, mas aquela alimentação ruim a gente já vai sentindo. Mas a gente continua se alimentando mal, porque depois a gente tenta voltar pra dieta. E depois volta pro médico. E depois continua deixando pra melhorar depois.

A vida é um sopro, mas a gente pensa que “AMANHÃ EU FAÇO ISSO”, “AMANHÃ EU FALO COM FULANO”, “AMANHÃ EU REALIZO ISSO”, e a gente sempre deixa o amanhã, pra depois de amanhã, e depois de amanhã…

A vida é um sopro, mas a gente assopra, e inspira e expira e pira, tentando aliviar o estresse diário, a pressão da nossa sociedade, essa geração maluca que em meio a tantos recursos tecnológicos,  não consegue nem largar o celular de lado, pra conversar, olhar nos olhos, dar aquele abraço, mandar uma carta.

A gente não manda mais cartas né?

A gente ainda sabe escrever com letra de forma?

A vida é um sopro, mas a gente continua tirando selfies e postando momentos das nossas vidas, enquanto não paramos e realmente vivemos esses momentos, admirando cada detalhe, sentindo ou observando.

A vida é um sopro, mas a gente continua achando que não dá tempo nem pra sofrer! Não temos tempo em perder tempo com sacrifícios. Precisamos ser práticos, objetivos, lógicos e robóticos.

É. A vida é um sopro.

E quando realmente sentimos que ela assoprou e levou e tudo passou, assim, em um piscar de olhos, a gente olha pra trás e se pergunta: Onde eu estava quando a vida assoprou?

Sabe aquele exame? Marca agora.

Sabe aquele sonho? Vai atrás dele HOJE.

A vida é um sopro? Sim!

Mas ela é como um barco à vela. E nós somos os marinheiros. Cabe a nós ajustarmos as velas e direcionarmos pra onde a gente quer que o vento nos leve.

remar

Se você direcionar pra uma intensa tempestade, você vai afundar.

Se você direcionar para um norte, um propósito, com persistência você vai alcançar.

A vida só é um sopro vago, vazio e sem sentido, se assim você permitir que seja. Por isso, ajuste as velas, prepare os remos e esteja pronto pra viver intensamente esse mar cheio de aventuras e emoções! Sinta o vento bater em seu rosto. Permita sentir as mais duras tempestades e enfrentá-las com muita coragem.

Não seja menos do que você realmente consegue ser. Não seja medíocre. Você pode muito mais do que imagina. Não deixe que apenas um sopro, bobo, curto e sem graça, te carregue pela vida sem que você ao menos perceba.

Só você pode tornar tudo, um mero sopro de vida!

Musiquinha para o final do post:

 

E assim, a garota continua na busca, do seu feliz pra sempre! 

O que você guarda dentro de si mesmo?

[Antes de ler, dê o play]

Talvez o coração da gente seja como um baú antigo, daqueles que ficam no fundo do armário ou em algum porão. Um baú cheio de coisas que a nem sabemos bem o porquê a gente guarda sabe? Com nossos medos antigos, medos novos, mágoas, lembranças, memórias que a gente se apega e recordações. E dentro do coração estão os nossos sentimentos mais abstratos. Digo isso no sentido de expectativas, ansiedades, coisas que imaginamos ou tentamos decifrar sobre a vida.

tumblr_le0k5wlYDM1qf33koo1_500

Cada um sabe o baú que leva dentro de si mesmo e o momento certo de abrir algumas vezes pra tentar pegar algumas coisas que passaram e tentar trazer pra realidade. Ou em uma tentativa de fazer o melhor no presente ou tentar reviver alguma lembrança. Vai saber? E é claro que cada um sabe muito bem o peso que o seu baú cheio de histórias e experiências lhe traz.

Acho que em cada fase da vida, ganhamos uma peça de um grande quebra-cabeça. E cada peça fica guardada dentro desse baú que a gente leva conosco. E que em cada momento, as peças vão se encaixando, fazendo sentido, outras peças a gente troca porque não são adequadas. E assim, vamos moldando cada pedaço de quem somos.

bau_recordacao

Tudo pode parecer um pouco confuso agora, mas tudo o que você guarda dentro de si mesmo, cada sentimento algum dia vai fazer sentido de alguma forma. Porque de cada tropeço ou vitória, traz uma lição ou alguma maturidade. Por isso, pegue o seu baú repleto de “coisas” e revire tudo! Isso mesmo! Revire-o e substitua peças antigas, jogue sentimentos antigos e desnecessários fora, acrescente coisas novas. E se nada fizer sentido algum, não se preocupe! Porque a vida não precisa fazer sentido pra ser perfeita, pois  a felicidade não tem uma razão de ser.

A felicidade somos nós que construímos, em cada pedaço de sentimentos e momentos que vivemos.

E assim, a garota continua na busca do seu feliz pra sempre!

Rabiscando pela vida.

“Eu vou te contar uma história, agora, atenção!
Que começa aqui no meio da palma da tua mão
Bem no meio tem uma linha ligada ao coração
Quem sabia dessa história antes mesmo da canção?
Dá tua mão, dá tua mão, dá tua mão, dá tua mão…”

Quando eu era criança, eu lia muitas histórias. Na verdade, eu sempre fui apaixonada por contos de fadas, lendas, livros, gibis…. Ler era um dos meus passatempos preferidos, já que eu ficava sozinha em casa, enquanto minha mãe saia pra trabalhar (ler, falar sozinha, ouvir música e jogar vídeo-game).

ZZ4C91790E

Acho que a leitura me fez viver em um mundo totalmente diferente desse que a gente vive. Porque, eu não sei explicar exatamente a sensação que a leitura me faz. Eu fico “viajando” quando me pego pensando no Príncipe que salvou a Princesa, quando leio sobre os heróis de guerra e as histórias de Mitologia Grega então? São fascinantes! O poder que a imaginação nos proporciona é incrível. Você já teve a vontade de participar de uma grande história? Ou navegar por esse mundo como se você fizesse parte enquanto você lê? Eu já. Muitas vezes. E acredito que eu sempre me pego sonhando com uma história incrível pra minha vida também. Eu sou feliz. Sou feliz? Bom, não completamente. Tenho muitos anseios e muitos sonhos. Sonhos que talvez eu não consiga realizar como nas histórias que eu lia. Mas acho que a felicidade é construída todos os dias, com momentos alegres.

Esses pensamentos estão meio soltos, mas quando eu junto em meio as palavras, eu começo a formar a minha própria história. E esse negócio de que a história tem que ter COMEÇO, MEIO E FIM, e tem que ser “bonitinha” não tem nada a ver.  Sabe porque? Pra mim, eu escrevo a minha história e as vezes volto pro começo, revivo momentos, as vezes eu tento adiar certas coisas e me precipito, vou direto pro final e é óbvio que escrevemos muita coisa errada também. E a vida real não é como nas histórias que eu li. Ela é toda bagunçada assim mesmo. Muitas vezes, o final não é o que a gente estava esperando, pra falar a verdade, isso é na maioria das vezes. Ou quando acaba de um jeito inesperado. Um término de namoro ou morte de alguém representa isso também. Sabe? Tem vezes que é assim. Como em certos filmes que você está lá, assistindo tranquilamente e de repente, os créditos começam a subir e você fica tipo: “Nossa, era isso?”

tumblr_l7a13sltyL1qa1uj5o1_500

Eu só sei que todas as histórias que eu li me ensinaram uma grande lição: NÃO PARA DE SONHAR NÃO! Faz a sua história. Escreve, apaga, reescreve. Muda o clímax, faz um desfecho do jeito que você quer. Porque o mais importante que eu aprendi com as histórias que eu li é que eu não posso parar de acreditar. Eu tenho que continuar escrevendo. Eu preciso. Palavras trazem vida, trazem mágica, a gente vive um mundo que ninguém nunca viveu. E cada um que ler, vai ler de um jeito e sentir a sua maneira. E passe pra todas as pessoas ao seu redor a magia que você sente dentro de você. Deixe algo de bom em meio a um sorriso, um gesto de carinho, um beijo e um abraço. Uma palavra amiga, um beijo apaixonado. Não escreva apenas uma história. Deixe a sua marca registrada. Sinta cada palavra que você escrever, aproveitando cada momento com tanta intensidade, que vai saber que realmente viveu e fez tudo o que sempre quis. Faça alguma coisa, qualquer coisa. Nada é pequeno demais. Deixe uma parte sua, uma parte boa. Eu estou deixando minhas palavras, meus sentimentos, e agora, uma parte da minha história com você, que leu até aqui.

Eu sou uma sonhadora apaixonada por um mundo que eu ainda não vivenciei. Eu criei na minha cabeça uma história que eu sempre quis viver. E assim como você, eu busco um sentido no que eu escrevi, até o momento. E eu ainda tenho muito o que rabiscar por aí…

tumblr_lzcyzngldp1qicayuo1_500

E assim, a garota continua na busca do seu feliz pra sempre!